La Serena, Chile

Guia Completo

O Chile é o país mais rico da América Latina. Apresenta excelente qualidade de vida, grande história e cultura. Além disso, conta com excelentes destinos turísticos, como a cidade de La Serena. Esta cidade conta com vários monumentos culturais e muita história.

Dessa maneira, para quem viaja com o intuito de se enriquecer culturalmente, a cidade de La Serena é uma excelente pedida. Portanto, aqui abordaremos sobre as principais informações relevantes sobre a cidade, assim como os seus atrativos. Leia e saiba tudo sobre a cidade!

História de La Serena

La Serena. Fonte: swifant, Flickr.
La Serena. Fonte: swifant, Flickr.

A região onde está inserida a atual cidade de La Serena era ocupada pelo povo Diaguita, no período pré-hispânico. Adiante, a região foi descoberta pelos espanhóis. Por volta do ano de 1543, Juan Bohon fundou a vila de La Serena na região, que cresceu até se tornar a cidade que é hoje.

Ao longo do período colonial, a cidade foi alvo de piratas por várias vezes. O núcleo colonial foi bem consolidado, de modo que até hoje se encontra bem preservado. A Arquitetura local é um dos grandes atrativos da cidade, que oferece aos visitantes um estilo genuinamente colonial espanhol.

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para a cidade de La Serena. Dessa maneira, é necessário fazer uma escala na cidade de Santiago, capital chilena, para chegar à cidade de La Serena.

A viagem de avião entre as duas cidades dura em média apenas 1h de voo e há duas companhias que realizam a viagem diariamente. Para quem deseja ir até a cidade de automóvel, é necessário encarar 6h de estrada. Contudo, a viagem é simples, basta pegar a Ruta 5.

Ademais, há também a opção de viajar de ônibus. Para tanto, basta se deslocar até a rodoviária de Santiago. As passagens custam em média R$70.

Catedral de La Serena

Catedral de La Serena. Fonte: Wikimedia.
Catedral de La Serena. Fonte: Wikimedia.

É a igreja mais importante da cidade de La Serena, fato que a faz carregar o seu nome. Além disso, é maior igreja da cidade e se encontra em frente a principal Praça da cidade, a Plaza de Armas de La Serena.

A Catedral foi edificada em cima da primeira igreja da região, que data de 1549 e era chamada de Paróquia La Matriz. No século XVIII a Igreja foi reformada e ganhou status de catedral. Em 1981 foi elegida como Monumento Nacional.

Iglesia de San Domingo

Apesar de não se destacar por sua monumentalidade, sendo bastante simples, na verdade, esta igreja tem tudo para encantá-lo. Desse modo, vale considerar inseri-la no seu roteiro de viagens para a cidade de La Serena.

Ademais, entre os principais atributos que fazem esta Igreja ser atrativa, temos a construção em pedra e o seu formato acolhedor.

Iglesia San Augustín

Iglesia San Augustin. Fonte: Wikimedia.
Iglesia San Augustin. Fonte: Wikimedia.

Esta igreja se encontra próximo ao mercado de Recova. Construída pelos jesuítas no século XVIII, também se destaca pela utilização de pedras pela construção, assim como a utilização de lindos vitrais coloridos, que iluminam o interior da igreja de forma mágica.

Iglesia San Francisco

Iglesia San Francisco. Fonte: Wikimedia.
Iglesia San Francisco. Fonte: Wikimedia.

A Iglesia San Francisco se encontra próximo ao Faro Monumental e você pode visitar ambas as edificações de uma vez só. Além de ser bem antiga (construída no século XVI), a igreja é construída em pedra, algo típico na arquitetura da região e que a torna um grande atrativo local.

Ademais, a Iglesia San Francisco conta com uma fachada assimétrica, cuja torre está presente em apenas um dos lados da edificação. Apresenta proporção semelhante entre nave principal e as áreas laterais, além de frontal triangular clássico.

Faro Monumental

Faro Monumental. Fonte: tjabeljan, Flickr.
Faro Monumental. Fonte: tjabeljan, Flickr.

O Faro Monumental é um dos mais antigos faróis da região. A dica de passeio para este monumento é subir para apreciar a bela vista das praias, além de conhecer essa antiga construção. Contudo, as visitas são monitoradas e restritas, por questão de segurança e conservação do espaço.

Ademais, ao visitar o Faro Monumental, vale considerar dar uma passada na Praia para dar uma caminhada. Com ventos fortes e águas frias, o bom dessa praia é apreciar o horizonte e o mar do pacífico com os olhos.

Parque Jardin del Corazon

Parque Jardin del Corazon. Fonte: subberculture, Flickr.
Parque Jardin del Corazon. Fonte: subberculture, Flickr.

Este é um parque privado da cidade de La Serena. Contudo, é cobrada uma taxa de $ 1.000 pesos, o que dá em média R$6. Desse modo, vale a pena fazer uma visita ao local, que conta com um paisagismo bem diferenciado, com muitas influências japonesas e orientais.

Árvore do Parque. Fonte: Pablo Rodríguez.
Árvore do Parque. Fonte: Pablo Rodríguez.

Ademais, a fim de curiosidade, vale destacar que o parque foi um investimento das mineradoras privadas para a região de La Serena. Para passar um fim de tarde e fazer um piquenique, o parque é uma excelente opção.

Museo Arqueologico de La Serena

Se você quer conhecer os diversos objetos arqueológicos encontrados na região, vale considerar uma visita ao local. A maioria dos objetos foi encontrada durante as escavações para a extração de minério e pedras preciosas das mineradoras locais.

Ademais, entre os objetos que podem ser encontrados no local, destacam-se as esculturas de pedra e os utensílios rudimentares utilizados pelos povos pré-hispânicos que habitavam a região.

Recova

Recova. Fonte: Michael Tyler.
Recova. Fonte: Michael Tyler.

Recova trata-se do maior centro comercial de artigos artesanais da região. Dessa maneira, se você deseja levar um pouco de La Serena com você, Recova é visita obrigatória. Lá você encontra uma grande variedade de produtos locais, assim como frutas, temperos, etc.

Assim sendo, o lugar é ideal para quem deseja levar uma recordação, tanto para si, quanto para amigos e familiares.

Centro Histórico

Centro histórico de La Serena. Fonte: Wikimedia.
Centro histórico de La Serena. Fonte: Wikimedia.

O Centro Histórico da cidade de La Serena é um dos mais antigos assentamentos do Chile. Desse modo, apresenta as mais antigas construções do país. Além disso, é possível observar a evolução da arquitetura por meio das suas construções: colonial, barroco, neoclássico, neocolonial, etc.

Desse modo, é um passeio muito interessante, especialmente para os amantes de prédios históricos e arquitetura. Além disso, o centro é conurbado com Coquimbo. Outros elementos de destaque são as diversas igrejas que a região possui.

Museo Casa Gabriel Gonzales

Esta é uma das edificações mais emblemáticas da cidade. Nos primórdios, foi residência oficial de Francisco de Aguirre, um dos fundadores da cidade. Entretanto, no século XIX, a edificação foi reformada e foi adotado um estilo eclético para o mesmo.

Ademais, foi adquirida por Gabriel Gonzales até se tornar Museu. Na década de 1980, tornou-se patrimônio da cidade oficialmente. Se você deseja conhecer um pouco mais da história e cultura da cidade, esta é uma visita obrigatória.

Quando ir

A cidade pode ser visitada o ano inteiro. Contudo, se você não tolera frio, ventos fortes, água gelada e neve, é melhor evitar fazer a sua viagem durante o inverno. Busque os meses de janeiro e dezembro, no verão.

Ademais, vale destacar que mesmo no verão, devido às correntes marítimas, as águas do mar sempre estarão frias. Por fim, vale destacar que mesmo no inverno, a cidade se mostra um local visitável e o frio oferece uma experiência diferente.

Desse modo, a pedida é se aquecer tomando um bom vinho, comendo uma massa e apreciando os vários restaurantes e bares locais.

Cultura

A cultura local está ligada intrinsecamente com a colonização espanhola. Essa influência pode ser sentida nas mais diferentes esferas e elementos culturais da sociedade de La Serena, como na música, na dança, na gastronomia, etc.

Contudo, estes valores são mais dominantes na arquitetura local e na religião. Desse modo, as igrejas correspondem ao elemento cultural mais significativo da região, pois mesclam tanto a arquitetura hispânica quando a fé católica, trazida pelos mesmos espanhóis.

Dicas de viagem

A melhor forma de aproveitar a cidade é andando a pé por ela, descobrindo os principais pontos turísticos da mesma. A cidade é segura e o clima muito agradável, o que facilita esta atividade.

Ademais, vale a pena dar um pulo em Coquimbo, que também conta com diversos atrativos. Desse modo, a viagem tem tudo para ser inesquecível e muito proveitosa.

Gastronomia

A gastronomia chilena não é muito familiar ao paladar típico brasileiro. Dessa maneira, você deve ir ao chile preparado para novas experiências e misturas não muito convencionais. Empanada de pino, Lomo, Chupes, entre outros, são os principais pratos da região.

  • Tololo Beach;
  • Restorant Huentelauquén La Serena.

Ambos contam com comida regional.

Conclusão

Sendo assim, La Serena é um destino muito atraente no Chile para você visitar. Conta com muita história e cultura, além de uma arquitetura colonial muito rica e muito conservada. Por conta de tudo que foi falado ao longo do texto, a viagem até o local vale muito a pena!

Dica => Acomodações em La Serena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *