São Tomé das Letras

Um lugar místico para se conhecer

Poço Gnomo, São Tomé das Letras. Fonte: @rafaellabritoss
Poço Gnomo, São Tomé das Letras. Fonte: @rafaellabritoss

São Tomé das Letras é um rústico município localizado no interior do Estado de Minas Gerais. Desse modo, conta com toda as características de uma pequena cidade mineira: charmosa e hospitaleira. Além disso, conta com outros atrativos, como a sua grande altitude e misticismo da região.

Devido a esses fatores, a cidade atrai diversos artistas do Brasil inteiro. Além disso, a cidade é um prato cheio para turistas. Mas afinal, o que fazer em São Tomé das Letras? Com o intuito de responder a essa questão, fizemos este artigo com todas as informações que você precisa. Confira!

História de São Tomé das Letras

O local era inicialmente pelos índios catagúas. Em seguida, o território foi ocupado pelos bandeirantes, ainda no século XVIII. No mesmo século, a Igreja Matriz da cidade começa a ser construída em estilo rococó. Posteriormente, a cidade passa a ser uma cidade dormitório.

Desse modo, servia como ponto de parada para as viagens dos fazendeiros da região. No início do século XX, a extração de pedras se tornou a principal atividade econômica da região. Nos últimos anos, o turismo tem se tornado uma das principais fontes de renda da cidade.

Como chegar em São Tomé das Letras

Para chegar em São Tomé das Letras, o caminho mais natural é por Belo Horizonte, mas também possível ir até a cidade por Rio de Janeiro e São Paulo. Para todas as cidades, é necessário pegar um ônibus até a cidade de Três Corações, e, posteriormente, pegar outro para São Tomé da Letras.

Para quem deseja viajar de carro de Belo Horizonte para São Tomé das Letras, é necessário acessar a BR-381 no rumo de São Paulo até chegar na BR-491, no sentido de Três Corações. Por fim, é necessário pegar a MG-167 sentido São Bento Abade até chegar na cidade de São Tomé das Letras.

Para quem deseja ir para São Tomé das Letras a partir de São Paulo, é necessário pegar a BR-381 com sentido a Belo Horizonte até chegar a cidade de Campanha. Posteriormente, é necessário pegar a BR-491 até a cidade de Três Corações. Em seguida, a Mg-167 até São Tomé das Letras.

Por fim, para quem parte do Rio de Janeiro, é necessário pegar a BR-116 com sentindo para São Paulo. Chegando em Itatiaia, você deve pegar a BR-354 até Caxambu. Posteriormente, pegue a BR-264 até Cambuquira. Em seguida, a MG-167 sentido Três Corações.

Gruta de São Tomé

A Gruta de São Tomé fica no centro da cidade. Isso mesmo, bem no centro da cidade e ao lado da Igreja de São Tomé. Desse modo, é impossível você viajar até São Tomé das Letras e não a avistar. Além disso, vale a pena conferir e fazer um passeio por esta gruta mística.

A visitação é gratuita e dura cerca de 10 minutos. Ou seja, ao passear pelo centro da cidade ou quando for visitar a Igreja de São Tomé, aproveite para visitar a gruta também. A importância deste elemento para a cidade se dá por ser, provavelmente, o local de origem da cidade.

Segundos os locais, a gruta foi abrigo do escravo João Antão, que se abrigou na gruta para fugir da escravidão. Na gruta, João recebeu uma carta de alforria de um cidadão vestido todo de branco.

O senhor, curioso, visitou o local e viu que lá tinha apenas uma imagem de São Tomé, que deu origem ao nome da cidade.

Centro da cidade

São Tomé das Letras. Fonte: http://historiaeviagem.blogspot.com
São Tomé das Letras. Fonte: http://historiaeviagem.blogspot.com

O centro da cidade de São Tomé é parada obrigatória para quem visita a cidade. Lá que estão os principais bares, lojas de artesanato, além da praça central, a gruta de São Tomé e a Igreja da cidade. O Centro é tombado pelo governo estadual de Minas Gerais e é muito rico arquitetonicamente.

Dessa maneira, guarda obras e construções de muitos séculos atrás, tanto no estilo barroco e rococó, como no estilo colonial. Além disso, conta com diversas construções de pedra. Por outro lado, é comum vermos artistas e artesãos no centro da cidade, vendendo seus produtos, muitos deles, de pedra.

Igreja de São Tomé

Igreja de São Tomé das Letras. Fonte: https://karenparadatvstl.wixsite.com
Igreja de São Tomé das Letras. Fonte: https://karenparadatvstl.wixsite.com

A Igreja de São Tomé é a edificação mais importante da cidade. Construída ainda no século XVIII, é uma das poucas igrejas do Brasil em estilo rococó. Mesmo em Minas Gerais, a maioria das igrejas são de estilo Barroco.

A edificação recebe o nome do Santo Padroeiro da cidade, que teria ajudado o escravo João a ser liberto dos maus-tratos da escravidão. Além disso, o interior da igreja é único e muito rico em detalhes, próprio da arquitetura rococó. Dessa forma, conta com diversas pinturas que retratam a vida religiosa católica.

Parque Municipal Antônio Rosa

São Tomé das Letras é um município conhecido nacionalmente por suas propriedades místicas. E o Parque Municipal Antônio Rosa reforça essa característica da cidade. Além disso, está localizado mais alto da cidade, de onde é possível avistar toda a região e ver um lindo pôr do sol.

Igreja de Pedra

Embora o centro da cidade contenha algumas construções em pedra, fruto da época em que a cidade vivia da extração de pedra, poucas edificações com estas características foram mantidas. Entre elas, destaca-se a Igreja de Pedra, localizada no Centro de São Tomé das Letras.

Além da rusticidade e simplicidade, a igreja se destaca por ser caráter único, visto que não é comum a utilização de pedras na construção civil no Brasil. Passeio muito indicado para religiosos e a amantes da arquitetura.

Cachoeira do Paraíso e Véu de Noiva

Além das construções artificiais, São Tomé das Letras conta com diversos atrativos naturais. Entre eles, destacam-se as diversas cachoeiras presentes em seu território. Reserve um tempo da sua viagem para conhecê-las e tomar um bom banho de cachoeira, relaxar e desestressar.

Entre as principais cachoeiras de São Tomé das Letras, a Cachoeira do Paraíso e Véu de Noiva se destacam. A primeira conta com uma linda queda d’água e águas propícias para o banho. A segunda se destaca por sua grande queda d’água, ideal para quem deseja tirar fotos e atualizar as redes sociais.

Pirâmide de São tomé das Letras

Piramide de São Tomé das Letras. Fonte: Cesar Gritti
Piramide de São Tomé das Letras. Fonte: Cesar Gritti

Por fim, mas não menos importante, você deve considerar a visita à Pirâmide de São Tomé das Letras. Esta edificação, além de funcionar como uma espécie de mirante, é, segundo os nativos, mística e o melhor local da cidade para ver o pôr do sol.

Quando ir para São Tomé das Letras

Todas as épocas do ano oferecem bons atrativos para você. Todavia, o verão é muito chuvoso e pode acabar atrapalhando alguns passeios. No inverno as temperaturas caem bastante e as águas das cachoeiras ficam bastante geladas. Desse modo, é necessário ter essas informações em mente.

Por outro lado, no outono e primavera as condições são mais favoráveis para a visita à cidade de São Tomé das Letras, especialmente por favorecer o banho nas cachoeiras. Além disso, a viagem torna-se agradável por conta dos dias quentes e noites frias.

Cultura

Van em estilo hippie, movimento de contra cultura forte na cidade. Fonte: Lucas Uyezu, Flickr.
Van em estilo hippie, movimento de contra cultura forte na cidade. Fonte: Lucas Uyezu, Flickr.

A cidade apresenta uma cultura interiorana muito comum ao interior do Sudeste, especialmente o Estado de Minas Gerais. Além disso, conta com o título Patrimônio Cultural pelo o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, que tombou o centro histórico da cidade.

Além disso, a cidade se tornou um polo de atração para artistas de todos o país. O cantor Ventania, nacionalmente conhecido no universo hippie, se apresenta constantemente na cidade.

Por outro lado, o misticismo de aparições de ovnis na região chama a atenção de diversos ufólogos e curiosos sobre o tema.

Dicas de viagem

Por estar localizada em grande altitude, você deve se preparar para o frio na cidade, independentemente da época do ano em que viaja. Naturalmente, no outono e principalmente no inverno, você deve ir ainda mais preparado para as baixas temperaturas.

As trilhas são, normalmente, de fácil acesso. Todavia, você deve usar trajes apropriados, além de não esquecer de se hidratar sempre que possível. Por fim, a viagem é indicada para quem, além de natureza, gosta de ambientes artísticos e místicos, pois a cidade respira estas qualidades.

Gastronomia

A gastronomia na cidade tem influência da serra, da ocupação bandeira e tropeira, além da ocupação colonial, visto que a cidade mantém boa parte das tradições que originaram a construção do assentamento.

Desse modo, é natural que você sinta o sabor da fazenda ao visitar São Tomé das Letras. São comuns pratos derivados do boi, o feijão tropeiro, a comida mineira sempre bem temperada, etc.

Entre os principais restaurantes da cidade, destacamos:

  • O Alquimista Restaurante, especializado em comida regional;
  • Alcázar Restaurant & Lounge, cujo carro chefe é a comida árabe.

Conclusão

Assim sendo, São Tomé das Letras é um destino muito interessante a ser conhecido por você. De atmosfera interiorana e mística, é ideal para os amantes da natureza e das artes, além de ser um bom lugar para se desconectar e relaxar. E você, o que está esperando para conhecer a cidade?

Dica => Acomodações em São Tomé das Letras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *