São Joaquim, Santa Catarina

Dicas de Viagem

Já virou tradição. Todo começo de inverno as reportagens dos jornais de amplitude nacional falam sobre a cidade de São Joaquim, localizada no interior do Estado de Santa Catarina. A cidade torna-se noticia por conta das geadas, da neve, comuns nesta época do ano. Além disso, ela tem outros atrativos.

Para ambientá-lo e apresentar todos os atrativos dessa maravilhosa cidade inserida na serra catarinense, fizemos este breve artigo especialmente para você. Aqui trataremo sobre a história da cidade, seus principais pontos turísticos, cultura local, gastronomia e dicas do que fazer. Confira!

História de São Joaquim

Esta cidade é um pacato município do interior de Santa Catarina. Sem muita influência, tampouco conhecimento, ficou isolado do restante do Estado durante boa parte do século XIX. Sua conectividade com outros pontos da região se deu apenas em 1866, com a construção de estradas.

Todavia, a cidade foi ganhando fama na região e, posteriormente, no país inteiro, por conta do seu clima agradável e invernos bem gelado, com precipitação de neve em certas ocasiões. Desse modo, tornou-se destino obrigatório para os amantes da serra, do frio e da neve.

Vinhedos do Monte Agudo

Não tem como pensar em serra sem imaginar um bom vinho, não é mesmo? Desse modo, você deve incluir sem seu roteiro a visitação a um vinhedo. Há vários na região, mas o Vinhedos dos Monte Agudo apresenta uma excelente qualidade, fato que não vai deixar você se arrepender de visitar o local.

Vinhedo do Monte Agudo. Fonte: https://contandovinhos.wordpress.com
Vinhedo do Monte Agudo. Fonte: https://contandovinhos.wordpress.com

Além disso, o espaço conta com um restaurante localizado na cota mais alto do vinhedo, que confere ao visitante uma vista panorâmica do mesmo. Dessa maneira, o local é ideal tanto para os apreciadores desta bebida milenar, quando para quem gosta de fazer uma refeição apreciando uma bela vista.

Mirante Belvedere

Este local trata-se de um mirante de fácil acesso. A partir dele é possível observar toda a cidade de São Joaquim. Dessa maneira, é ideal para quem gosta de apreciar uma bela vista, ou mesmo para aqueles que desejam atualizar as suas redes sociais com fotos.

Mirante Belvedere. Fonte: http://www.guascatur.com.br
Mirante Belvedere. Fonte: http://www.guascatur.com.br

Todavia, infelizmente, há muitos relatos de assalto no local. Desse modo, é necessário que você faça a visitação ao local durante o dia, evitando o entardecer, quando o local se torna bastante escuro. Entretanto, pela beleza do local, vale a pena visitá-lo.

Cascata do Pirata

Este local se encontra ao lado da Serra da Cascata. Está localizada em um terreno privado, dessa maneira, é necessário tanto autorização quanto o pagamento de uma taxa para visitação. Todavia, o passeio é interessante, especialmente para os amantes de cachoeiras, cascatas e banhos naturais.

Cascata do Pirata. Fonte: http://www.guascatur.com.br
Cascata do Pirata. Fonte: http://www.guascatur.com.br

O acesso ao local se dá por meio de uma estrada de terra e não há grande infraestrutura para recebê-lo. Todavia, é um local muito bonito e vale apena inseri-lo no seu roteiro de viagem.

Estação Experimental da Epagri

Trata-se de outro passeio muito interessante para você fazer na cidade de  São Joaquim. A estação conta com diversos monitores, que podem fazer a visita guiada para você. Todavia, a entrada para o local é gratuita e não é cobrada taxa de visitação.

Além disso, há diversas plantas no local, uma atmosfera de natureza que vai fazer você relaxar e sentir uma grande paz interior. No local estão alguns exemplares de várias tipos de maçãs, alimento produzindo em larga escala na região — não obstante, a cidade tem o título de “Capital da Maçã”.

Elas chegaram na cidade por meio dos imigrantes japoneses, que iniciaram o cultivo desta fruta na região. O clima e condições geográficas da região contribuíram para o sucesso desta cultura.

Snow Valley

Este empreendimento tem como principal atividade a gastronomia. Todavia, ele também oferece diversas outras atividades para os seus visitantes, como tirolesa e outros esportes de aventura.

Snow Valley. Fonte: https://vandertrekking.blogspot.com/2016/08/sao-joaquim-e-snow-valley.html
Snow Valley. Fonte: https://vandertrekking.blogspot.com/2016/08/sao-joaquim-e-snow-valley.html

O Local foi construído tendo como inspiração a cultura americana, visto que seus proprietários são um casal de americanos. Isso justifica os comentários sobre o restaurante como “um pedacinho de EUA no Brasil”.

Vale pela experiência e para levar a família, especialmente as crianças, que adoram as atividades ofertadas no local, como trilhas, visitas às cachoeiras, etc.

Igreja Matriz de São Joaquim

A Igreja Matriz de São Joaquim é muito charmosa e singular. Feita de pedra, dá a impressão de ser bem mais antiga do que ela realmente é. Dessa maneira, você vai se sentir visitando uma igreja europeia medieval. O estilo da Igreja, que lembra bastante as igrejas medievais europeias, contribui para isso.

igreja Matriz de São Joaquim. Fonte: http://www.geoimagens.com.br
igreja Matriz de São Joaquim. Fonte: http://www.geoimagens.com.br

Ademais, a igreja teve sua construção iniciada no ano de 1918 e foi concluída no ano de 1935. Por conta dos elementos únicos que apresenta, assim como pelo fato de ser a maior igreja da cidade, a visitação ao local torna-se obrigatória.

Praça João Ribeiro

Trata-se da principal praça da cidade. Assim como toda cidade do interior tem a sua igrejinha, há também a sua praça. Ela é ideal para sentar e relaxar, passar o tempo. Também oferece uma bela vista tanto no pôr do sol quanto no seu nascer.

Praça João Ribeiro. Fonte: https://www.vidadeturista.com
Praça João Ribeiro. Fonte: https://www.vidadeturista.com

Ademais, há vários monumentos no local e uma fonte, que congela durante os meses de inverno, tornando-se mais um atrativo para quem visita a região em busca de frio.

Parque Nacional da Maçã

A cidade é conhecida como Capital Nacional da Maçã. Dessa maneira, nada mais justo do que ela dispor de um Parque para apresentar a história do cultivo desta fruta na cidade. Dessa maneira, o Parque Nacional da Maça tem como intuito ensinar e apresentar o vínculo da cidade com a plantação de maçã.

São Joaquim é conhecida como capital nacional da Maçã. Fonte: twinsfisch, unsplash.
São Joaquim é conhecida como capital nacional da Maçã. Fonte: twinsfisch, unsplash.

Há várias bancas de artesanatos no local, além de, evidentemente, muita venda de maçã. O Festival da maçã ocorre em fevereiro e é o melhor mês para visitar o local. Todavia, o parque funciona durante o ano todo, oferecendo aos seus visitantes diversas atrações.

Maior Araucária da Serra Catarinense

Este local é um pouco fora de rota, mas muito interessante e vale a pena inclui-lo na sua agenda, especialmente se você passar mais que alguns poucos dias na cidade. A Araucária presente no local é realmente grande e oferece uma experiência única para quem visita  o local.

Maior Araucária da Serra Catarinense. Fonte: https://serradoriodorastroaovivo.com.br/
Maior Araucária da Serra Catarinense. Fonte: https://serradoriodorastroaovivo.com.br/

Além disso, há uma parte oca na árvore em que os visitantes podem adentrar, tanto para sentir a experiência, como para tirar fotos. Para chegar até o local é necessário ir ate Pericó e, posteriormente, até a Pousada Pinheirão.

Com o auxílio de um guia, você atravessa uma trilha de aproximadamente 20 minutos até chegar ao local. O caminho é lamacento e requer cuidados, tanto para não escorregar quanto para não perde o seu tênis. Todavia, vale a pena visitar o local, especialmente aos amantes de curiosidades e da natureza.

Cultura

A cidade apresenta cultura vibrante, muito similar as outras cidades serranas do sul do nosso país. De imigração predominantemente europeia, a cidade apresenta diversos traços de diversos pontos da Europa, especialmente a Itália.

Dessa maneira, seja pelo consumo de diversas massas, seja pela degustação e produção de vinhos, a cidade torna-se um ambiente agradável para curtir a serra catarinense. Além disso, a imigração japonesa, que influenciou a cidade com o cultivo da maça, torna-se outro elemento a ser considerado.

Entre os principais eventos culturais que ocorrem na região, podemos destacar:

  • Florada das Cerejeiras, que ocorre ao final do inverno e início da primavera. As primeiras mudas, trazidas por japoneses, comprovam mais uma influências destes na cidade;
  • Exponeve: exposição que acontece diariamente no Parque Nacional da Maçã. Lá são ofertados diversos produtos artesanais produzidos por cidadãos locais;
  • Inverno: É impossível pensar em São Joaquim sem pensar no seu rigoroso inverno, fato que moldou a cidade, tanto culturalmente, como na sua principal atividade, o turismo.

Dicas e o que fazer em São Joaquim

São Joaquim é uma cidade pacata, mas com boa infraestrutura, resultado dos investimentos realizados para receber os turistas nas mais diversas épocas do ano, sobretudo durante o inverno.

Beber vinho é uma das principais atividades para quem visita São Joaquim. Fonte: Kym Ellis, unsplash.
Beber vinho é uma das principais atividades para quem visita São Joaquim. Fonte: Kym Ellis, unsplash.

Dessa maneira, o principal da cidade é mesmo a sua condição climática. Curta o frio da serra catarinense ao lado de uma boa fogueira e tomando um bom vinho. Alimente-se bem e visite as cachoeiras que a cidade tem em suas redondezas.

Gastronomia

Com rica gastronomia, a cidade dispõe de diversos restaurantes, que oferecem, em geral, vinhos, massas, carnes e fondues para seus clientes. Destacamos aqui dois dos principais restaurantes da cidade: o Restaurante Pequeno Bosque e o Cristal de Gelo Fondue e Restaurante.

Restaurante Pequeno Bosque. Fonte: http://www.serracatarinense.com
Restaurante Pequeno Bosque. Fonte: http://www.serracatarinense.com

O primeiro oferece uma grande variedade de pratos e o destaque é a truta. Além disso, destaca-se pelo atendimento e charme local. Já o segundo se destaca pela ótima vista da cidade que oferece aos seus clientes, assim como a carta de vinhos com foco na produção local e pratos de assados.

Fondue, comida facilmente encontrada na cidade. Fonte: Angela Phan, Unsplash.

Conclusão

Sendo assim, São Joaquim é destino obrigatório para os amantes do frio e da Serra. Por ser uma cidade pacata, torna-se ideal também para quem está em busca de paz e tranquilidade. Que tal então passar uns dias desconectado, apenas apreciando um bom vinho, o frio e boa comida? Visite São Joaquim!

Dica => Acomodações em São Joaquim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *