O que fazer em Parintins

Entre Garantido e Caprichoso

Parintins. Fonte: Alexey Kurilenko.
Parintins. Fonte: Alexey Kurilenko.

O Estado do Amazonas é conhecido principalmente por conta de sua capital Manaus, uma verdadeira metrópole no coração da Amazônia e, claro, pela Floresta Amazônica, a maior floresta tropical do mundo. Todavia, outro importante elemento deste Estado é a cidade de Parintins e o seu Festival.

Além disso, a cidade conta com diversos outros atrativos e, por isso, merece entrar no seu radar de turismo na região Norte do país. Ao longo deste breve artigo, apresentaremos os principais atrativos da cidade, assim como dicas completas para realizar uma viagem proveitosa até o local.

Continue lendo e saiba tudo sobre Parintins!

Curiosidades sobre Parintins e o festival

A cidade de Parintins está localizada a 369 km da capital do Amazonas, Manaus e na divisa do Estado com o Pará. Possui pouco mais de 100 mil habitantes. A cidade é palco de uma das maiores manifestações culturais do país, o Festival Folclórico de Parintins.

Nos dias do festival, a cidade vê a sua população dobrar, com a chegada de turistas que chegam à cidade de todo o país e mesmo do exterior. O amor e devoção ao festejo está estampada em todos os cantos das cidades, nos mobiliários urbanos e fachadas das residências.

Como chegar em Parintins

O Barco é uma das alternativas para se chegar até a cidade. Fonte: Alexey Kurilenko.
O Barco é uma das alternativas para se chegar até a cidade. Fonte: Alexey Kurilenko.

Parintins pode ser acessada tanto por avião quanto por barco, como é comum na região dos Amazonas, visto que são as estradas são escassas no interior da Floresta Amazônica.

Há voos diretos diários para a cidade de Parintins a partir de Manaus, que duram em média 1 h 40. No período do festejo, o número de voos aumenta consideravelmente. De barco, a viagem pode durar até 24 h.

Festival de Parintins

Este festejo a céu aberto ocorre no último final de semana de junho, no bumbódromo da cidade de Parintins. Os desfiles fazem menção ao folclore do Boi Bumbá. Desse modo, há uma disputa entre os dois Bois da cidade: Garantindo e Caprichoso.

Ademais, a história do festejo remete ao início do século XX. Posteriormente, no ano de 1965, foi criado um desfile com objetivo de angariar fundos para a construção da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Padroeira de Parintins.

Contudo, os Boi Garantido e Caprichoso só desfilaram no ano seguinte e a partir de então passaram a dividir a atração do festival.

Visita aos currais dos bois

Os currais dos bois são os lugares onde ocorrem os ensaios para o desfile do festival de Parintins, que acontece anualmente no último final semana de junho. Além disso, nos currais são confeccionadas as fantasias e alegorias para a apresentação do boi bumbá.

O Curral do boi capricho se localiza na Rua Gomes de Castro, número 685. Já o curral do Boi Garantido se localiza na Rodovia Odovaldo Novo, km 1, s/n — Baixa do São José.

Mercado Municipal de Parintins

Se você quiser conhecer o coração de uma cidade, deve ir ao seu mercado. E não poderia ser diferente em Parintins. O Mercado Municipal conta com excelentes produtos regionais, como o café com tapioca e “caboquinho”, que consiste em um pão recheado com tucumã e queijo coalho.

Além disso, é possível comprar diversos produtos artesanais e outras iguarias da amazônia, como o açaí, doces de cupuaçu, bacuri, buriti, etc.

Bumbódromo de Parintins

Bumbódromo de Parintins em dia de desfile. Fonte:Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania.
Bumbódromo de Parintins em dia de desfile. Fonte:Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania.

O bumbódromo de Parintins foi inaugurado no ano de 1988, visto que era alta a demanda por um novo local para os desfiles dos Bois. O local conta com capacidade para um público de 35 mil pessoas e possui o formato de uma cabeça de boi estilizada.

Orla do Rio Amazonas

Outro local imperdível para você visitar na cidade de Parintins é a Orla do Rio Amazonas. Desse modo, vale a pena separar um tempo para passear pelo calçadão a beira do rio, que conta com diversos bares e lanchonetes que vendem iguarias locais, como a tapioca.

Catedral de Nossa Senhora do Carmo

Catedral de Nossa Senhora do Carmo no centro da imagem. Fonte: JorgeLuiizz, Wikimedia.
Catedral de Nossa Senhora do Carmo no centro da imagem. Fonte: JorgeLuiizz, Wikimedia.

Nossa Senhora do Carmo é a Padroeira da cidade de Parintins. Desse modo, a Catedral que leva o seu nome é a igreja mais importante da cidade e visita obrigatória para quem conhece Parintins.

Ademais, é a construção mais alta da cidade, pois conta com uma torre de 40 metros. O projeto foi elaborado na Itália, o que configura outra importante curiosidade sobre a Catedral de Parintins.

Quando ir

A cidade é visitável durante o ano inteiro. Todavia, é um desperdício conhecer a cidade em outra época se não durante o Festival de Parintins. Ele ocorre durante o último final de semana de junho.

Desse modo, reserve a viagem para alguns dias antes dessa época para aproveitar também a cidade.

Cultura

A cultura em Parintins, assim como em toda a Região Norte, é bastante influenciada pela cultura indígena. Essa influência pode ser percebida na gastronomia, dança e música. Além disso, os portugueses influenciaram em outros aspectos, especialmente na religião, predominantemente católica.

Dicas de viagem

Leve sempre consigo protetor solar, visto que as regiões amazônicas apresentam alta temperatura. Além disso, há grande umidade o que aumenta a sensação térmica. Também é importante beber bastante líquido e usar roupas leves.

Além disso, prepare sua viagem com meses de antecedência. A cidade de Parintins é uma das mais requisitadas de toda a região Norte, especialmente ao final do mês de junho, mês do Festival. Caso não se prepare, você pode não encontrar vagas nas pousadas locais.

Gastronomia

Açaí, principal produto da Feira do Açaí. Fonte: Camila Neves Rodrigues da Silva.
Açaí, principal produto da Feira do Açaí. Fonte: Camila Neves Rodrigues da Silva.

A cozinha em Parintins tem forte influências dos temperos da Amazônia, assim como dos peixes do Rio Amazonas. Desse modo, são comuns pratos com farinha de mandioca, tapioca, açaí, bacuri, cupuaçu, etc. Entre os peixes, destacam-se o tucunaré, tambaqui, pirarucu, etc.

Conclusão

Assim sendo, Parintins é um destino incrível para você visitar no Estado do Amazonas. Conta com um festival conhecido internacionalmente, cheio de cores e cultura. Desse modo, a magnitude lembra o desfile das escolas de samba do carnaval carioca.

E você, o que está esperando para conhecer Parintins e o seu festival?

Dica => Acomodações em Parintins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *