O que fazer em Nobres

Nobres. Fonte: Marinelson Almeida - Traveling through Brazil, Flickr.
Nobres. Fonte: Marinelson Almeida – Traveling through Brazil, Flickr.

Nobres é um município localizado no centro do Estado do Mato Grosso. Tem fama nacional devido aos seus inúmeros atrativos naturais, tornando-se, portanto, um dos maiores atrativos do ecoturismo no Brasil. Mas afinal, você sabe quais atrativos são esses e por que eles se destacam no cenário nacional?

Desse modo, com o intuito de esclarecer e apresentar esse verdadeiro paraíso localizado em solo brasileiro para você, fizemos este breve artigo com as melhores dicas do que fazer. Para tal, abordaremos sobre história, cultura, os pontos turísticos, como chegar, quando ir, etc. Leia o texto e confira!

História de e geografia de Nobres

A região antes era ocupada por índios da tribo Bacairis. Durante todo o século XVIII, a região foi ponto de travessia do garimpo no estado do Mato Grosso. Nos anos seguintes, a região acompanhou diversos acontecimentos da história do Brasil, como a passagem da Coluna prestes, que rumava à Bolívia.

Cidade de Nobres. Fonte: Wikipédia.
Cidade de Nobres. Fonte: Wikipédia.

Todavia, a fama maior da cidade se deve mesmo à sua geografia, visto que a região de Nobres é cercada por várias serras, tais como: Serras do Quebó e Furnas, Quitanda e Canela, Cuiabazinho e Santa Rita, Tombador ou Caixa Furada. Além disso, é cortada pelos Rios Cuiabá, Serragens e Nobres.

Como chegar em Nobres

O melhor ponto de partida para chegar em Nobres é por meio da capital do Estado do Mato Grosso, Cuiabá. A partir do Aeroporto, é possível alugar um carro e partir rumo a Nobres, pegando a estrada da Chapada e Lago do Manso.

Asfalto da estrada em Nobres. Fonte: http://www.mt.gov.br/
Asfalto da estrada em Nobres. Fonte: http://www.mt.gov.br/

Também é possível pegar um ônibus para a região de Nobres, todavia, recomenda-se o automóvel pois confere mais liberdade para que você realize todos os passeios. Por fim, recomenda-se que você faça a viagem durante o dia, tanto por questões de segurança, quanto pela visibilidade das paisagens.

Aquário Encantado

O Aquário Encantado tem esse nome não ao acaso, mas reflete fielmente o que este lago retrata. A beleza do mesmo se inicia ainda no caminho, quando é possível avistar uma série de animais, especialmente os macacos, que marcam a paisagem ocupando a copa das árvores.

Aquário Encantado em Nobres. Fonte: Marinelson Almeida - Traveling through Brazil, Flickr.
Aquário Encantado em Nobres. Fonte: Marinelson Almeida – Traveling through Brazil, Flickr.

Todavia, a experiência maior se dá mesmo ao chegar no Aquário Encantado. Como o nome sugere, é possível ver uma série de espécies de peixes, pois a água local é muito transparente e cristalina. Desse modo, o passeio mais recomendado para quem visita o local são os mergulhos.

Cachoeira Serra Azul

Ao lado da Cachoeira dos Namoradas, este é um dos destinos mais conhecidos de Nobres. De tom azul turquesa, a Cachoeira Serra Azul surpreende por conta da sua beleza paradisíaca. As águas transparentes e as diversas espécies de peixes presentes no local alimentam ainda mais essa sensação no local.

Cachoeira Serra Azul. Fonte: rhttps://www.chapadaexplorer.com.br/
Cachoeira Serra Azul. Fonte: rhttps://www.chapadaexplorer.com.br/

Para chegar ao local, é necessário realizar uma trilha de duração e distância mediana. Além disso, é necessário vencer um lance de escada com 200 degraus. De propriedade do SESC, é cobrada uma taxa de R$ 80 por 50 minutos de visitação.

Todavia, por sua beleza única, vale a pena desembolsar essa quantia. Além disso, a estrutura do local é muito boa. O zelo pela segurança é outro ponto de destaque, visto que itens de segurança como o uso de coletes.

Flutuação Rio Triste

Em um dos rios mais famosos e conhecidos da região, você pode ter uma das maiores experiências da sua vida, especialmente se for um amante da natureza do ecoturismo. O Rio Triste, que possui águas em tons azulados e muito transparente, devido ao fundo em calcário é passeio obrigatório em Nobres.

Flutuação no Rio Triste. Fonte: https://rodsnaideia.com/
Flutuação no Rio Triste. Fonte: https://rodsnaideia.com/

Nele você flutuará por aproximadamente 1.400 metros. Ao longo do percurso, você entrará em contato com diversas espécies da fauna aquática local, como as raias, por exemplo. Além disso, você poderá avistar diversas espécies de peixes, como o piraputanga, piava, curimbatá, dourado e muitos outros.

Cachoeira dos Namorados

Para acessar a Cachoeira dos Namorados, é necessário realizar uma longa trilha. Desse modo, algum preparo físico pode ser exigido da sua parte. Para executar a trilha com maior segurança, recomenda-se o uso de tênis fechado, visto que há muitos pontos escorregadios no local.

Cachoeira dos Namorados. Fonte: https://trilhandomontanhas.com
Cachoeira dos Namorados. Fonte: https://trilhandomontanhas.com

Todavia, todo o esforço da trilha vale a pena ao final. Além de visitar a Cachoeira dos Namorados, você pode fazer a trilha para visitar outras cachoeiras que se encontram próximas, apesar da Cachoeira dos Namorados ser a mais bonita e que propicia os melhores banhos da região.

Balneário Estivado

Este local trata-se de uma piscina natural, com tons esverdeados e boa transparência para observar as várias espécies de peixes que vivem no local. Além disso, o local conta com restaurante, então é recomendado que você tire o horário do almoço para visitar o local.

Balneário do Estivado. Fonte: http://queromochilar.blogspot.com/
Balneário do Estivado. Fonte: http://queromochilar.blogspot.com/

O local cobra taxa de visitação de R$ 15 e o almoço sai por volta de R$ 40. Apesar de não ser um passeio obrigatório, por conta da experiência, vale a pena incluí-lo em seu roteiro de viagem à Nobres.

Lagoa das Araras

A lagoa possui esse nome devido ao fato de que no local você pode avistar muitas Araras. Elas chegam de várias partes da região e buscam refúgio nesta lagoa de águas calmas. O melhor horário para visitar a lagoa é ao final da tarde, período em que as araras vão para o local em busca de refúgio.

Lagoa das Araras no pôr do sol. Fonte: A. Duarte, Flickr.
Lagoa das Araras no pôr do sol. Fonte: A. Duarte, Flickr.

Apesar de se localizar perto do centro da cidade, a estrada que dá acesso à Lagoa das Araras encontra-se muito esburacada e com condições ruins de uso. Dessa forma, deve-se evitar a volta da Lagoa das Araras à noite, sendo recomendada o retorno logo após o pôr do sol.

Gruta Duto do Quebó

Consiste em um córrego que passa por meio de uma gruta, a Gruta Duto do Quebó. Não é um passeio indicado para amadores, visto que é necessário desprender grande esforço para realizar as trilhas de terra que levam até o local.

Ademais, recomenda-se esse passeio para quem gosta e está acostumado com a prática de esportes radicais. Para conhecer este atrativo, é necessário dedicar umas duas horas do seu dia. O passeio se inicia em um córrego até passar por dentro da Gruta, que é escura e conta com presença de morcegos.

Desse modo, é uma aventura única, ideal para quem deseja experimentar coisas novas. A intensidade da correnteza é mediana e você pode contar com monitores para não realizar a travessia sozinho.

Quando ir para Nobres

Para aproveitar melhor a cidade de Nobres e todos os seus atrativos, é necessário escolher a data certa para ir. Apesar de oferecer atrativos durante o ano inteiro, os meses entre dezembro e março costumam ser os melhores para quem visita a região, tendo em vista que é o período de chuvas.

Desse modo, você aproveitará o ápice de beleza dos pontos a serem visitados, época em que as lagoas e córregos se encontram mais cheios e propícios para os banhos e práticas de demais atividades.

Cultura

De maneira geral, a cultura em Nobres é muito semelhante à cultura mato-grossense. Por sua vez, ela tem várias influências, como a cultura portuguesa, espanhola, africana e chiquitana — esta última referente aos povos indígenas que habitavam a região oeste de Mato Grosso, antes da chegada dos colonos.

Desse modo, assim como a cultura brasileira em geral, temos manifestações artísticas muito heterogêneas, que absorveram um pouco da influência de cada povo na dança, música, gastronomia e até mesmo na forma de falar.

Dicas de viagem

Primeiramente, como já foi dito anteriormente, a escolha da data da viagem influencia e muito a experiência. Se optar pelos meses entre dezembro, você aproveitará o melhor de Nobres. Outro ponto que devemos destacar são as condições climáticas da região.

De forma geral, faz bastante calor no local e a umidade é bastante alta. Desse modo, é necessário que você tome alguns cuidados quanto a pele, o forte calor e os insetos da região. Use protetor solar, repelente e beba bastante líquido durante a estadia em Nobres.

Gastronomia

A gastronomia local possui um paladar muito semelhante com a comida brasileira em geral. Dessa forma, é comum pratos com arroz, feijão, macarrão, salada, carnes, frangos. Todavia, um diferencial são os peixes pescados nos rios e lagos locais, como o Dourado, Pacu e Pintado.

Pacu na brasa, um prato típico do Mato Grosso. Fonte: https://www.tudogostoso.com.br
Pacu na brasa, um prato típico do Mato Grosso. Fonte: https://www.tudogostoso.com.br

Entre os principais restaurantes da cidade, podemos destacar:

  • Jeito Brasil, especializado em comida brasileira.
  • Restaurante Espetinho Da Hora, que serve churrasquinhos.

Conclusão

Sendo assim, por tudo que foi apresentado e elencado ao longo deste texto, Nobres destaca-se como um dos principais destinos do ecoturismo em todo o Brasil. De natureza exuberante, a cidade tem tudo para transformar a sua viagem em um momento único. Venha você também conhecer Nobres!

 

Dica => Acomodações em Nobres

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *