Monte Verde – Tudo o que você precisa saber para sua viagem!

Se você deseja conhecer um destino alternativo para aproveitar o clima mais frio e com lindas paisagens, com certeza deve buscar saber mais sobre Monte Verde.

A cidade possui vocação turística, ao mesmo passo que não deixa de ser um destino tranquilo e agradável para os mais variados públicos.

Apesar de não ser um dos destinos mais conhecidos do Brasil, é uma opção extremamente interessante e acessível em termos financeiros, proporcionando aos visitantes uma experiência tão boa quanto a de grandes viagens.

Especialmente se você se encontra na região da Serra da Mantiqueira e nas aproximações da fronteira São Paulo – Minas Gerais, deve cogitar esse destino. Conheça aqui os pontos mais interessantes e planeje sua viagem da melhor forma possível.

Sobre o local

Monte Verde é um distrito do município de Camanducaia, localizado na região sudoeste do estado de Minas Gerais, mais especificamente, na Serra da Mantiqueira.

Geograficamente falando, trata-se de uma região brasileira caracterizada pela elevada altitude, podendo ser assimilada com outros pontos turísticos como Campos do Jordão-SP. Tal como esse destino, sua procura se deve ao clima frio condicionado também pelo relevo montanhoso.

A natureza do lugar tem um papel muito importante para a atração turística, principalmente durante o inverno. Além disso, o estilo arquitetônico que lembra o europeu é uma das características que atrai o público.

Trata-se de um destino bastante relevante para aqueles que buscam se afastar um pouco dos grandes centros. Monte Verde é um lugar capaz de proporcionar essa sensação, ainda que esteja relativamente próximo de grandes cidades, como São Paulo.

O distrito fica bastante movimentado nos meses mais frios e durante o inverno em geral. Já nos meses de maio e setembro, caracterizados por temperaturas mais elevadas e muita chuva, acaba se tornando um destino mais pacato.

Como chegar a Monte Verde?

Devido ao relevo montanhoso da região, o acesso a Monte Verde pode ser um tanto quanto difícil para quem vem da região Norte ou do estado do Rio de Janeiro.

Isso se deve ao fato de não haver estrada direta que liga esses locais ao destino, fazendo com que o lugar possa ser acessado apenas pelas rodovias do estado de São Paulo ou pela Rodovia Fernão Dias, partindo da capital Belo Horizonte.

Monte Verde se encontra a pouco menos de 166 quilômetros da capital São Paulo, 484 quilômetros de Belo Horizonte e 469 quilômetros de Rio de Janeiro, capital.

Se você reside na cidade de São Paulo ou nas imediações, e busca por uma viagem que utilize serviços de transporte coletivo, pode contar com uma linha direta que vai de São Paulo até a cidade de Camanducaia.

Em seguida, basta pegar outra linha que liga a cidade ao seu distrito. Todo o trajeto, sem contar o período de espera, leva em torno de três horas.

Para acessar o destino dirigindo, as vias utilizadas são: São Paulo – Via Dutra e Rodovia Fernão Dias; Rio de Janeiro – Via Dutra, Rodovia D. Pedro I e Rodovia Fernão Dias; Campinas – Rodovia D. Pedro I e Rodovia Fernão Dias; Belo Horizonte – Avenida Amazonas. Todos os trajetos mencionados dão acesso a Monte Verde a partir do município de Camanducaia.

Pontos turísticos

Se você cogita conhecer esse destino, com toda certeza deve analisar o tipo de turismo e adquirir o máximo de informações possíveis, com o intuito de desfrutar do melhor oferecido pelo lugar. Desse modo, listamos o que encontramos de mais interessante e mais popular em Monte Verde-MG.

  • Centro comercial

O centro comercial de Monte Verde é um dos lugares onde se concentram as atrações turísticas do distrito, por isso, é indispensável a sua passagem pelo lugar.

As atividades se concentram na chamada Avenida Monte Verde, e é lá que se encontra a maioria dos bares, restaurantes e lojas.

Além disso, você poderá conhecer fábricas de chocolate, de petiscos, geleias, embutidos e cervejas, que listaremos com maior precisão a seguir.

Quando se trata da produção de chocolates, Monte Verde conta com diversas fábricas e lojas com produtos de ótima qualidade. A mais famosa das chocolatarias se chama Gressoney, e foi fundada em 1978.

Nesse ambiente, é possível acompanhar a fabricação dos chocolates ao vivo, e ainda comprar alguns exemplares para levar para casa.

Já na produção de geleias, podemos encontrar na Galeria Suíça uma das melhores geleias de Monte Verde, chamadas de geleias Edelweiss. A fabricação começou há 12 anos como hobby e hoje ganhou o público da região.

Uma das fábricas mais conhecidas de embutidos de Monte Verde é a Manduca, localizada na Rua do Selado, lá os visitantes poderão entender mais sobre o processo de funcionamento da produção de seus produtos mais cotados, como a linguiça com provolone.

Também na Galeria Suíça, é possível encontrar o Arsenal da Cerveja, onde são oferecidos grandes rótulos artesanais. Há também uma cervejaria artesanal chamada Fritz, onde é possível acompanhar a produção de 5 receitas de cervejas da fábrica.

  • Parque Ecológico Verner Grinberg

Monte Verde está numa região do Brasil altamente favorecida pela beleza das paisagens naturais. É por isso que ao visitar o lugar, será muito fácil encontrar trilhas sendo oferecidas em meio as montanhas da Serra da Mantiqueira. As mais famosas são: Trilha da Pedra Redonda, Trilha do Chapéu do Bispo e Platô.

Foto: http://www.camanducaia.mg.gov.br

Todas as três trilhas mencionadas estão localizadas no Parque Ecológico Verner Griberg e podem ser seguidas sem o acompanhamento de um guia.

A Trilha da Pedra Redonda é uma das mais frequentadas pelos visitantes. Seu acesso é facilitado e possui curta extensão. Destaca-se pela elevada altitude, de mais de 1900 metros, de onde é possível obter uma ótima visão ou acompanhar um lindo pôr do sol.

Foto: http://blogmiaira2.blogspot.com/2017/08/trilha-da-pedra-redonda-monte-verde-mg.html

Já a Trilha do Chapéu do Bispo é a mais fácil do local a ser realizada, visto que a maior parte do trajeto é plano e exige pouco esforço físico. Todo o percurso leva em torno de 30 minutos de duração. O nome da trilha se dá pela imagem formada pelas formações rochosas. Ao chegar ao pico dessa trilha, é possível ter uma belíssima visão panorâmica de Monte Verde. O ponto final do trajeto destaca-se por ser também um ponto de divisa entre os estados de São Paulo e Minas Gerais.

Foto: https://santiaguiando.wordpress.com

Enquanto isso, a Trilha do Platô oferece a visão de uma ampla laje de granito pela qual é possível obter uma linda visão dos arredores. A partir de lá os visitantes obtêm uma ótima vista aérea do Vale do Paraíba. O Platô é um ponto conhecido também por oferecer acesso aos demais picos de Monte Verde, sendo muitas vezes considerado um ponto de encontro.

Foto: https://www.euvoudemochila.com.br
  • Pista de patinação no gelo

Monte Verde também conta com uma pista de patinação no gelo que funciona durante o ano todo, mas principalmente no período de alta temporada.

Essa atração é oferecida desde o ano de 2000, contando com aproximadamente 200 metros quadrados de área de pista e capacidade para até 50 pessoas. A pista está localizada na Avenida Monte Verde, o endereço mais conhecido do lugar.

O aluguel dos patins é realizado por meia hora, e inclui todo o equipamento de segurança necessário, juntamente com a ajuda e instruções oferecidas pelos monitores. A idade mínima para patinação é de 5 anos de idade, sendo que os patins vão do número 24 ao 46.

Sem dúvidas, essa é uma das atrações que se enquadram no perfil de toda a família, ideal para todas as idades.

Foto: http://meutempolivre.com.br/roteiro-fim-de-semana-romantico-em-monte-verde
  • Mirante do Aeroporto

O aeroporto de Monte Verde ganha destaque por ser considerado o aeroporto mais alto de todo o Brasil, localizado a aproximadamente 1500 metros de altitude.

A estrutura do aeroporto em si não se trata de nada muito interessante, visto que é composta apenas por uma pista de pouso e um hangar. No entanto, a vista oferecida é maravilhosa e é ali que foi construído o cartão postal do lugar.

A partir dali, é possível conseguir uma visão bastante ampla de toda a cidade e seus arredores.

Foto: www.viajadora.com
  • Roda d’agua

A Roda d’água é um dos pontos turísticos mais procurados da cidade, estando localizada logo na entrada de Monte Verde.

Trata-se de um dos pontos mais bonitos da vila para aqueles que buscam por ótimas fotografias. Lá, é possível observar um grande lago rodeado por um bosque. O lago proporciona uma belíssima imagem ao refletir as montanhas e o bosque.

Além de ser procurado pelas fotos, também é um ótimo lugar para quem busca apenas tranquilidade e uma ótima paisagem para observar enquanto caminha pelo lugar.

Foto: viagemeturismo.abril.com.br
  • Fazenda Radical

A vila possui uma fazenda com atividades inteiramente voltadas para o público que busca um passeio que proporcione maior interação e adrenalina. A Fazenda Radical, como é chamada, se encontra apenas a 5 quilômetros do portal de entrada de Monte Verde.

Lá, é possível encontrar 2 grandes tirolesas, sendo uma delas com 65 metros e outra com 75 metros de altura. Outras atividades populares do local são passeios de quadriciclo, escaladas e prática de arvorismo. Tudo para quem deseja uma viagem de maior aventura.

https://almaruiva.blogspot.com/2017/03/fazenda-radical-em-monte-verde-mega.html
  • Orquidário

Monte Verde também conta com seu próprio orquidário, onde podem ser observadas mais de 1500 espécies de orquídea e 150 tipos de planta carnívora. O local se encontra em aberto tanto para observação do público quanto para comércio.

Há uma exposição especial dos organizadores logo na entrada do lugar, reunindo também algumas coleções de cactos e bromélias. Apesar do principal foco ser comercial, a visitação do espaço é aberta e gratuita.

Foto: http://www.futricandopelomundo.com.br
  • Galeria de Arte

Apesar de o Brasil ser um país pouco conhecido pela dedicação de espaços especialmente para arte, Monte Verde também é um lugar beneficiado nesse aspecto, fazendo um bom uso das belezas naturais oferecidas.

A vila conta com uma galeria de arte chamada de Unger’s Pottery House, referente aos trabalhos de Paula Unger, uma artista paulista que atua desde meados de 1979. Os trabalhos em exposição são bastante famosos por unir a arte cerâmica à natureza muito bem favorecida da região.

Além dos trabalhos de Paula, também há espaço para que outros artistas façam a exposição de seus trabalhos. A entrada é livre e gratuita.

Foto: http://monteverde.org.br/

Onde comer?

Durante uma breve caminhada pela avenida principal, já é possível perceber que este é um local que conta com muita variedade de escolha na alimentação. Os pratos mais tradicionais da região são mineiros, alemães e italianos, sendo impossível passar despercebido pelas casas que oferecem o tradicional fondue de queijo.

Entre os restaurantes mais populares e bem avaliados, estão:

  • Dona Mucama

Esse é um restaurante localizado na rua principal de Monte Verde, onde são oferecidos grandes pratos da culinária típica da região.

O ambiente é descrito como bastante agradável aos mais variados públicos, alcançando uma ótima relação custo benefício para os clientes.

Trata-se de um dos restaurantes mais tradicionais do local. Os pratos oferecidos frequentemente se referem à famosa comida caseira, tal como é característica do estado de Minas Gerais.

  • Cantina di Napoli

Trata-se de um dos lugares melhor avaliados pelos sites de guia de viagem, como o TripAdvisor. Esse é um ambiente mais voltado para a cultura italiana, como remete a maioria das músicas reproduzidas no local.

Os pratos tradicionais da casa são massas, carnes e o famoso polpettone, que nada mais é do que um rolo de carne bovina moída, montado com recheio.

  • Villa Amarela

O Villa Amarela é um restaurante bastante casual, mas que ainda assim se encontra entre um dos melhores de Monte Verde, segundo os turistas.

Um dos destaques oferecidos, que segue a mesma tradição da vila, é o rodizio de fondue de queijo, que não decepciona a clientela e possui seu toque especial. No frio, essa é uma excelente pedida que combina com a região e o ambiente oferecido.

  • Armazém de Monte Verde

O lugar é bastante agradável e propício a interessar os amantes de cerveja, visto que há um repertório muito vasto do produto no cardápio do lugar.

São oferecidas também diversos tipos de porções de petisco ou refeições, como preferir. A relação custo beneficio do lugar e boa e o ambiente costuma agradar os mais variados gostos, sem uma temática específica além do foco na venda de cervejas.

  • Alpminas

Alpminas é um lugar amplamente conhecido pelo rodizio de fondue, sendo considerado um dos melhores restaurantes quando se trata desse pedido.

São dois andares, onde a parte inferior consiste em um empório de venda de produtos tradicionais e a superior em um restaurante. Vale destacar que esse ambiente possui um ar bastante requintado.

Os rodízios de fondue de Monte Verde funcionam da mesma maneira que churrascarias, onde os clientes podem consumir à vontade e desfrutar de todas as opções disponíveis pelo tempo desejado.

O que fazer?

Durante o dia, a vila oferece diversas opções para diversão e lazer em geral, entre eles destacam-se alguns passeios como:

  • Voos panorâmicos

São realizados a partir do pequeno aeroporto de Monte Verde. A região proporciona uma belíssima vista aérea em meio a suas montanhas da Serra da Mantiqueira e a vista para o Vale do Paraíba, evidenciando a divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

  • Passeio Rural

Os guias locais oferecem aos turistas uma visita por fazendas vizinhas da região, de onde é possível desfrutar de cachoeiras e lindos picos. As cidades mais comumente englobadas pelo circuito são: Joanópolis (SP), Gonçalves (MG) e São Francisco Xavier (SP).

  • Passeios a cavalo

Para aqueles que gostam de cavalgadas, há lugares na região que oferecem especificamente esse tipo de serviço, disponibilizando tanto cavalos de raça para os apreciadores, quanto cavalos para passeios comuns.

Os passeios guiados podem passar por algumas trilhas, bosques e pontos turísticos do local, o que fica a critério do turista,

  • Chopp do Fritz

Como Monte Verde não se trata de um destino muito badalado, se o desejo é desfrutar um pouco da cidade durante a noite, é viável que se procure casas de cerveja, chopp e botecos em geral. Trata-se da mesma cervejaria mencionada no início do artigo, que além de fábrica, possui um ambiente especial para diversão e degustação dos mais variados rótulos, nacionais e importados.

Essa é uma cervejaria tradicional da Alemanha, que instalou uma de suas unidades em Monte Verde.

  • Empório Monte Verde

Foto: http://lucianaavelino.com.br

Esse também é um ambiente voltado para o comércio de cervejas. O diferencial é que são ofertados rótulos alternativos e difíceis de serem encontrados em cervejarias tradicionais, visto que são, na maioria das vezes, importados.

O lugar também oferece uma loja na qual os visitantes podem encontrar desde doces até as mais tradicionais lembrancinhas da região e do lugar.

  • Boteco do Lago

O Boteco do Lago está localizado na principal rua de Monte Verde, sendo um dos melhores e mais cotados lugares para quem deseja aproveitar a noite na vila.

Esse nome se deve ao fato de possuir uma localização bem próxima ao lago da Avenida Monte Verde, garantindo ao lugar uma excelente vista, principalmente com a iluminação noturna.

Os turistas que se dirigem ao lugar também podem desfrutar de boa musica ao vivo e de um ótimo atendimento.

Hotéis e Pousadas

Abaixo segue algumas ofertas para você se hospedar, ou se preferir nesse link possui as pousadas com o melhor custo benefício de Monte Verde.

Booking.com

Artigos Relacionados