Malargue, Argentina

9 lugares únicos para conhecer

Malargue. Fonte: José María Pérez Nuñez
Malargue. Fonte: José María Pérez Nuñez

Malargue é uma das principais cidades do estado de Mendoza, que está ao norte do município de San Rafael. Além disso, faz limite com os estados de La Pampa, Neuquén e ainda é uma das fronteiras com Chile.

Assim como, é uma cidade que se destaca economicamente na produção agropecuária, mineira e petroleira e ainda tem uma intensa atividade turística tanto no verão como no inverno. É bem pertinho de Malargue que está um dos principais centros de esqui de Argentina, Las Leñas.

Dessa maneira, te convidamos a passear um pouco por Malargue, uma cidade onde a natureza presenteia com muitas atividades turísticas. Vamos lá!

Como chegar

Conforme dito anteriormente, Malargue está perto de San Rafael (200 km), que é sua principal via de acesso, uma vez que San Rafael, conta com aeroporto o que facilita a entrada de turistas, principalmente estrangeiros.

Outra opção é por ônibus ou por carro. As rodovias estão em bom estado   e a paisagem é muito bonita. Você irá desfrutar de um lindo passeio.

Caverna das Bruxas

Caverna das Bruxas. Fonte:  http://elportaldemendoza.com
Caverna das Bruxas. Fonte: http://elportaldemendoza.com

Primeiramente, começamos por esse encantador lugar. A Caverna das Bruxas uma reserva natural de rochas marinhas que além de forma estalactites, parecem ter sido decoradas com lindas colunas que variam entre o branco e amarelo. Surpreendentemente este é uma das cavernas mais bonitas da Argentina.

Entretanto, para conhecer a Caverna das bruxas você precisa fazer uma reserva no centro de informação turística de Malargue. Além disso, é obrigatório roupa cômoda. Assim o passeio tem a duração de 2 horas e você deve seguir todas as recomendações para poder desfrutar desta aventura única.

Reserva La Payunia

Reserva La Payunia. Fonte: http://elportaldemendoza.com/
Reserva La Payunia. Fonte: http://elportaldemendoza.com/

Outro passeio muito recomendado é a Reserva La Payunia. Igualmente, a reserva anterior é um lugar onde a natureza te convida a relaxar e aproveitar cada minuto. A mesma, está localizada a 200 km da cidade de Malargue e por certo é a maior reserva de Mendoza.

Agrega-se como informação que está declarada com Patrimônio da Humanidade, ao passo que seu vasto território surpreende por sua quantidade de vulcões e lavas espalhadas. É a maior área de vulcões do mundo.

Inegavelmente, o vulcão Payún Matrú é o que mais impacta, pois suas erupções foram consideradas as maiores do mundo. Atualmente, a caldeira deixou de explodir e ainda tem uma lagoa dentro.

A entrada ao parque é gratuita, no entanto, é obrigatório o ingresso com algum guia habilitado. Recomenda-se ir de carro para poder recorrer este deserto patagônico.

Lagoa Niña Encantada

Seguindo nesta aventura por Malargue, você deve ir a Lagoa Niña Encantada, principalmente se seu destino é Las Leñas.  Isso pois, a lagoa está no meio do caminho e você deve parar e conhecer este encantador lugar.

Dessa maneira, o primeiro que se deve saber é sua história. Pois bem, conta a lenda do amor entre princesa de uma tribo, Elcha e um jovem que não era da nobreza. Como Elcha havia sido prometida a um príncipe de uma outra tribo, resolve fugir com seu amado.

Enfim, foi nessa fuga que chegaram até a uma lagoa e para esconder de seus perseguidores se jogaram na água. A primeira a chegar ao local foi a bruxa que ficou petrificada por um raio e todos que se acercavam a água viam refletido a imagem de Elcha.

Em realidade a lagoa tem águas cristalinas e está rodeada de rochas vulcânicas que dão um esplendor a esta área. Além disso, azul das águas é incrível o que faz com que as fotos não precisem de nenhum filtro.

Vulcão Malacara

Certamente você irá dizer que este passeio é muito diferente do que um turista está acostumado a fazer.  Não é sempre que podemos visitar um vulcão ou mesmo entrar em seu interior. Contudo, é preciso saber que primeiramente você precisara contratar um guia para poder conhecer o Vulcão Malacara.

Pois bem, o Vulcão Malacara está a 35 km de Malargue e a 1800 metros de altura e tem três crateras e várias aberturas. Além disso, você poderá tirar lindas fotos panorâmicas da Lagoa LLancanelo, da Cordilheira dos Andes e da Reserva La Payunia.

Cachoeira Maqui Malal

Este é um lugar que está cercado por grandes paredes de origem marinho de épocas pré-históricas e ainda é possível encontrar fosseis de animais jurássicos.  Principalmente no verão, este é um lugar para conhecer tanto pela natureza, que forma lindas quedas de águas de desgelo. Ainda mais para conhecer as histórias de dinossauros que contam os que vivem por aí.

Castillos de Pincheira

Castillos de Pincheira. Fonte: Alejandra Cartamil.
Castillos de Pincheira. Fonte: Alejandra Cartamil.

É impressionante o que pode fazer a natureza ao longo dos tempos. Por exemplo, Castillos de Pincheira, é a maior demonstração deste poder. Isso mesmo, são castelos que se formados ao longo do tempo de rochas vulcânicas que sofreram erosão por causa do vento e da chuva.

Como tudo em Malargue este também é um lugar de belezas naturais e de muitas histórias, como por exemplo, de bandidos que se escondiam nesses castelos. Acima de tudo, é um espaço para caminhar, fazer safaris fotográficos, cavalgadas e trekking.

Valle dos Molles

Geralmente, os que visitam a Malargue pensam que o único centro de esqui é Las Leñas. Contudo, foi neste vale que se desenvolveram as primeiras atividades turísticas relacionadas com a neve na região. Atualmente é uma importante área que conta com diferentes serviços turísticos.

E um lindo lugar para passear, desfrutar da neve, tomar um café ou saborear alguma gastronomia local. Também no verão poderás encontrar diferentes atividades para fazer.

Las Leñas

Decerto, Las Leñas é um dos lugares ícones, não somente de Malargue como da Argentina. É um dos principais centros de turismo de inverno do país.  Sobretudo, são 17500 hectares de pistas e meios de elevação para diferentes esportes relacionados com o esqui.

Ainda mais é espaço que conta com toda infraestrutura para receber o turista. Primordialmente é um dos cartões postais de Mendoza. Em Las Leñas, você encontra de tudo desde escola de esqui, lojas de alugueis de equipamentos para neve, como centros médicos.

Todavia, em verão Las Leñas tem sua oferta turística, a saber de trekking, escaladas, raffting, rapel, moutain bike e outros.

Valle Hermoso

Valle Hermoso. Fonte: https://www.tripin.travel
Valle Hermoso. Fonte: https://www.tripin.travel

Igualmente ao nome, o Valle Hermoso,  é lindíssimo. Pois, este vale tem uma das paisagens mais impactantes da região. Para chegar ao Valle Hermoso você irá passar primeiro por Las Leñas.

Ainda mais porque está escondido dentro das Cordilheiras dos Andes e dependendo do inverno, só se pode visitar no verão.

A vegetação é algo que diferencia Valle Hermoso, pela cor das montanhas, das cascadas que se foram pelo desgelo, e as flores autóctones. Este é um verdadeiro paraíso.

No verão é possível pescar no Lago que leva o mesmo nome. Também, se pode realizar diferentes atividades náuticas. E como sempre é o lugar para tirar aquelas fotos de tirar o folego.

Lugar para comer

Em Malargue você pode saborear diferentes comidas regionais, como o tradicional asado, as empanadas argentinas ou as tábuas de picadas (frios). Além disso, os deliciosos chivitos (carneiro assado). Aqui deixamos como recomendação aos Restaurantes a saber, El Vergal, Restaurant Pulo Huen, Caquelon Resto, El Bodegòn de Marìa e Restaurant Altos Sauces.  Todos servem delicias gastronômicas, somente depende de seu gosto e quando está disposto a pagar.

Dica => Acomodações em Malargue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *