Granada, Espanha

Vinte lugares para visitar

Granada. Foto de: http://petitejoysinlife.com/granada-espana/

Granada é uma das cidades mais belas da Europa e tem o mesmo nome da província. Inegavelmente, é um dos principais cartões postais de Espanha.

Granada é um dos principais destinos turísticos do mundo. Como também apresenta uma série de atrativos, desde monumentos arquitetônicos, bairros, museus, entre outros.

Dessa maneira, vamos apresentar 20 lugares que você não pode deixar de conhecer, na cidade andaluza que encanta com sua edificação, sua cultura, sua gastronomia e um estilo de vida agradável. Não deixe de ler nossas recomendações, vamos lá!

Como chegar

Granada está localizada na Serra Nevada, na região leste de Andaluzia e a 420 km da capital de Espanha, Madri.  As melhores opções são: aérea, ferroviária e ônibus. Sendo assim, o Aeroporto Federico García Lorca Granada – Jaén, tem voos diretos de Madri e Barcelona e está a 17 km do centro de Granada.

Por outro lado, o transporte ferroviário também é uma ótima opção para chegar a Granada. Espanha conta com uma rede de trens eficientes, como, por exemplo, o AVE que tem um tempo de viagem de cerca de 3 horas entre Madri e Granada.

Por fim, também possui o transporte por ônibus. São várias empresas que disponibilizam transportes aos visitantes que não querem gastar muito para conhecer a cidade. A duração da viagem de Madri a Granada, em geral, são de 4 a 5 horas.

Quando visitar Granada

Granada é uma dessas cidades que está preparada 365 dias para receber seus visitantes. No entanto, sempre existe uma época que é mais recomendada que outras. Nesse caso, consideramos que a primavera (abril a junho) e o outono (setembro a outubro) são períodos ideais, pois, o clima ajuda a desfrutar melhor os passeios. Geralmente, o inverno transita entre meses chuvosos e frios, porém, o verão é de temperaturas muito altas.

Então, escolha a melhor época segundo seus gostos e aproveite os 20 lugares que selecionamos para você.

Alhambra

Palácio de Alhambra em Granada
Palácio de Alhambra. Foto de: Jebulon.

Se algum amigo ou familiar já visitou Granada, o primeiro que vai dizer para você é que conheça a Alhambra, o principal ponto turístico da cidade.
Trata-se de um palácio e uma fortaleza, que em tempos antigos alojou a monarquia do Reino Nazarí.

Desta maneira, vários palacetes e pátios compõem esta obra arquitetônica construída pelos muçulmanos na Idade Média.
Este lugar é incrível, a decoração andaluza, os azulejos, tudo neste lugar deixa ao visitante boquiaberto. Ademais, a Alhambra é uma das Maravilhas do Mundo.

Portanto, recomendamos comprar as entradas antes e chegar cedo para visita. Granada é um daqueles lugares no mundo, que todos os dias tem vários visitantes. É preciso estar atento a isso.

Bairro de Albaicín

Vista de uma das ruas de Albaicín.
Bairro de Albaicín. Foto de: https://www.lolitastours.com/producto/tours-granada/tour-albaicin-sacromonte-granada/

Surpreendentemente, os bairros de Granada, são obras de arte ao ar livre. Passear por cada um deles é algo realmente único. Especificamente, Albaicín é o mais pitoresco, uma vez que a cultura muçulmana parece ter ficado impregnada em cada casa, rua, praça, mesquita. Além de tudo, o próprio caminhar por ruas tão estreitas e empinadas, dá uma leve sensação de voltar ao passado.

Sacromonte

Subida na entrada de Sacramonte.
Sacramonte – Granada. Foto de: Sofía Moro.

Assim como o bairro del Sacromonte, essa é outra parte da cidade que você não pode deixar passar despercebido. O mesmo, está localizado em Valparaiso, e ainda, é aí que você poderá conhecer a Abadia del Sacromonte, e ter aquela visão privilegiada de La Alhambra.

Ao mesmo tempo, este lugar que possui muita tradição, é onde se assiste lindos espetáculos de flamenco, principalmente à noite.

Monasterio Nuestra Señora de la Asunción

Foto da fachada do Monastério de Nossa Senhora da Assunção.
Monasterio de Nuestra Señora de la Asunción. Foto de: https://www.inspain.org/es/granada/granada/monasterio-de-la-cartuja/

Esse mosteiro é mais conhecido como La Cartuja de Granada. Possui arquitetura barroca e andaluza, e datada de 1835. Não somente guarda a história de uma comunidade de monges, mas também se destaca pela arquitetura da igreja, sacrário e sacristia. A obra de Federico Hurtado Izquierdo, é uma das preciosidades deste lugar. Como também as pinturas de Juan Sánchez Cotán.

La Carrera del Darro

La Carrera del Darro – Granada. Foto de: https://www.viamichelin.pt/web/Sitio-turistico/Granada-18010-Carrera_del_Darro-2jji4u6o

Provavelmente, você irá dizer que essa é uma das ruas mais lindas que conheceu, não é um engano seu. Realmente é considera como das mais bonitas e românticas do mundo. Isso se deve ao estado de conservação das pedras, que no passado foram colocadas uma a uma, paralelas ao rio Darro e aos pês de La Alhambra. Portanto, recomendamos ir em dois momentos a esta rua, de dia e a noite. Aproveite para tiras aquelas fotos inesquecíveis.

Catedral de Granada

Interior da Catedral de Granada
Catedral de Granada. Foto de: http://www.granadatur.com/monumento/3-catedral/

Ela foi a primeira Catedral Renascentista espanhola. Ainda assim, é a segunda catedral em tamanho de Espanha. Seu Altar Maior é de grande imponência, principalmente pelas obras do artista Alonso Cano. Aos domingos de 15:00 as 17:45 horas a entrada é grátis.

Capilla Real

Vista frontal da Capela Real.
Capilla Real. Foto de: Heparina1985.

Está ao lado da Catedral, onde estão enterrados a Rainha Isabel de Castilla e Fernando Aragon. É um lugar de sepultamento ligado à Catedral, mas sem se fundir com a sua arquitetura. Contudo, você pode apreciar tanto a sua simplicidade quanto a sua riqueza, graças à generosa dotação da rainha.

Casa del Chapiz

Casa del Chapiz. Foto de: Chris Pearrow em Minube.

Indo em direção ao Caminho Del Sacromonte, você encontrara com a Casa del Chapiz. São duas mansões do século XIV, que apresentam em sua arquitetura, elementos muçulmanos e cristãos. Com efeito, também foi declarado como uma construção de interesse cultural e atualmente é sede da escola de Estudos Árabes.

Banhos Árabes

Interior de um banho Arabe.
Banho Arabes Hammam. Foto de: http://www.turgranada.es/fichas/hammam-al-andalus-granada-14119/

Sem dúvida, visitar Granada, implica em reservar um momento para os banhos árabes. Inegavelmente é emergisse na tradição milenar conhecida como o “El Hammam”, que são banhos com águas de diferentes temperaturas, com massagens e tratamentos corporais. Ou seja, é um SPA árabe.

Parque de Las Ciencias de Granada

Foto exterior do Parque das ciências.
Parque de Las Ciencias. Foto de: Jars em wikimedia.

Principalmente, para aqueles que visitam a cidade com crianças, este é um lindo lugar para conhecer. Pois, trata-se do primeiro museu interativo de ciência de Andaluzia. Similarmente se destaca o Planetário e a Torre de Observação.

Mirador de San Nicolás

Mirador de San Nicolás. Foto de: http://motocityrent.com/wp-content/uploads/2014/07/mirador-de-san-nicolas.jpg

Prepare seu celular ou máquina fotográfica quando for visitar esse mirante, pois, as paisagens são inigualáveis. Além disso, o melhor momento é no pôr do sol, onde as luzes do entardecer tornam as fotos espetaculares.

El Generalife

Patio de la Sultana em El Generalife. Foto de: Sofía Moro.

São considerados os jardins muçulmanos mais lindos do mundo. Aliás, é um complexo de pátios, construções e jardins. Afinal, foi construído para ser o palácio de verão para emires (reis) muçulmanos que vinham para descansar e relaxar com seus haréns.

Palácio de Carlos

Palacio de Carlos V. Foto de: Luis Alfonso Escudero em wikipedia

Uma das construções renascentista, mais importantes de Granada, localizada na colina de La Alhambra, conta a história da construção desse Palácio. O Rei Carlos ao visitar Granada ficou totalmente fascinado pelo lugar e quis um espaço próximo para poder desfrutar de sua beleza.

Ademais, o Palácio em si, é uma obra lindíssima, principalmente por seu pátio circular e suas fachadas.

Passeio dos Tristes 

Panorama do Passeio dos triste.
Passeio dos Tristes. foto de: https://granadasolynieve.wordpress.com/2017/01/09/paseo-de-los-tristes/

Situado no Albaicín, este passeio faz parte de caminhos estreitos que bordeiam o desfiladeiro que separa o bairro da fortaleza de La Alhambra. Ademais, o nome está relacionado aos cortejos fúnebres que eram realizados por este caminho até ao cemitério.

Todavia, na atualidade, este lugar é apontado perfeito para contemplar as diferentes belezas que possui Granada.

Museu San Juan de Dios

Museu San Juan de Dios. Foto de: http://granadadesanjuandedios.com/archivo-museo/

Antiga Casa dos Pisa, foi construída no século XV. A família Pisa, ficou famosa por acolher ao santo San Juan de Dios, que faleceu nesse lugar.

Decerto, o museu tem em seu acervo uma variedade de pinturas, moveis, porcelanas e toda a iconografia do santo.

Silla del Moro

Vista do Castelo de Santa Helena.
Silla del Moro. Foto de: http://www.juntadeandalucia.es/cultura/blog/wp-content/uploads/2017/10/6.jpg

O nome Silla del Moro, faz referência ao Castelo de Santa Helena, que foi construído para proteger o Generalife, as hortas e a distribuição de água da La Alhambra.

Calle Navas

Calle Navas. Foto de: https://notjustatourist.com/granada-day-trip-enjoy-jewel-mountains/grnavas/?c=f0cfb884254d

Calle Navas está perto do Mirador de San Nicolas, onde é uma rua estreita com um impressionante comércio, onde você pode adquirir diferentes produtos da cultura muçulmana.  Além disso, este também é um lugar perfeito para comer e tomar algum café.

Museu Casa Natal Federico Garcia Lorca

Fachada do Museu Casa Natal Federico Garcia Lorca. Foto de: https://www.universolorca.com/recursos/casa-museo-federico-garcia-lorca/

Nesse museu morou por muito anos a família de Garcia Lorca, famoso escritor espanhol. No entanto, hoje tem o propósito de recuperar a memória do mesmo, com uma sala de exposição temporária.

Carmen de los Mártires

Carmen de los Mártires. Foto de: http://nuestragranada.blogspot.com/2011/04/el-carmen-de-los-martires.html

É uma grande casa que possui lindos jardins de estilo mudéjar. Além disso, é um ótimo lugar para descansar e apreciar a vista da Sierra Nevada.

Lugares onde comer em Granada

Jardines de Zoraya. Foto de: https://granadaconventionbureau.org/servicio-profesional/tablao-jardines-de-zoraya/

Logo após tanto passear bate aquela fome. Então, Granada apresenta uma ampla gastronomia com cozinha local, marroquina, frutos do mar, chinesa, italiana, entre outras.

Para jantar enquanto assiste uma linda apresentação de Tablado Flamenco, recomendamos, Jardines de Zoraya y Venta el Gallo. Ademais, você pode saborear uma boa comida e um autêntico show de flamenco.

Por outro lado, para os que gostam do bom e barato, sugerimos Papas Elvira, um restaurante de comida árabe, a gastronomia é excelente e o atendimento nota 10.

Dessa maneira, que te apresentamos a Granada, um dos 15 lugares para conhecer no mundo. Assim, esperamos que não demore para fazer a sua visita. Boa Viagem!

Dica => Acomodações em Granada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *