Bento Gonçalves, Serra Gaúcha

A terra do vinho

Bento Gonçalves localizada no estado do Rio Grande do sul, tem sua economia direcionada a produtos agropecuários, principalmente a uva e o vinho. Afinal, sucesso desses produtos foi tão determinante para a região, que serviram de base para implantação de rotas turísticas e divulgação da cultura local.

Assim, apresentamos Bento Gonçalves como a “capital brasileira do vinho”, como é conhecida, não somente por ser o município com maior produção de uva do Rio Grande do Sul, como também é o maior produtor de vinhos e seus derivados do Brasil.

O município se destaca na produção moveleira que tem uma expressiva representatividade na economia local e nacional. No entanto, aqui queremos destacar as maravilhas do setor vitivinícola e sua relação com o turismo. Vamos conhecer esta cidade que está situada no alto da Serra Gaúcha.

Um pouco de sua história

Bento Gonçalves
Bento Gonçalves. Foto de: viagensecaminho.scom

No final do século XIX, um grupo de imigrantes italianos, a produto da guerra, fome e doenças endêmicas, decidem buscar uma vida mais digna e escolhem o Brasil como morada. Por outro lado, o Brasil, a partir da Lei de Abolição da Escravidão   necessitava de mão de obra livre, principalmente no campo.

Assim que surge em 1875, Bento Gonçalves, antes colônia Dona Isabel. Desse modo, ali se assentaram os imigrantes a partir de um processo de divisão das terras disponíveis. Então começaram com uma agricultura de subsistência e aos poucos foram incorporando uma indústria artesanal, comercio de troca e vendas de produtos.

Decerto vale ressaltar como ponto histórico, a primeira Festa Nacional do Vinho, em 1967. Atualmente conhecida como Fenavinho, que está programada para este ano, depois de vários anos sem ser realizada. Contudo, o último evento foi em 2011.

Ponto turísticos de Bento Gonçalves

Os principais pontos turísticos da cidade dividem-se em praças, igrejas, museus, parque de eventos, a Rua coberta, Casa do Artesão e do Artista Plástico. Além disso, estão as Rotas Turísticas, com vinícolas, restaurantes, comércios e muita aventura.Iremos falar um pouco de cada um deles.

Um passeio pelas Praças da cidade 

La Fontana
La Fontana. Foto de: portaladesso.com.br

A cidade conta com várias praças entre as quais destacamos, primeiro, a Via do Vinho (La Fontana), que na realidade, é uma praça onde a fonte jorra água com cor de vinho. A mesma, está localizada em frente da prefeitura. O lugar está cercado por construções antigas (casas típicas de madeira), uma vez que a cidade praticamente se desenvolve entorno a esta praça.

A Praça Dr. Bartholomeu Tacchini, localizada no centro, tem como principal atrativo o monumento em homenagem ao General Bento Gonçalves Silva. Com efeito, a praça está situada entre as ruas Júlio de Castilhos e Marechal Deodoro, é arborizada e com lindos canteiros de flores. Em síntese, em Bento Gonçalves, os moradores primam por uma cidade limpa e muito bem cuidada.

Nesse mesmo estilo de área arborizada e com bastante flores, está a Praça Walter Galassi (ruas General Osório e Marechal Floriano), a Praça Vico Barbieri (rua Júlio de Castilhos) e Praça Padre Rui Lorenzi – ‘Praça das Rosas (ruas Dr. Casagrande e Visconde de São Gabriel,) como o nome já diz, encanta com sua quantidade de flores.

Além disso vale a atenção, a Praça Centenário, a maior da cidade, com boa infraestrutura, parque infantil, pista de skate e quadra poliesportiva. Um excelente lugar para caminhar e praticar esportes. Está localizada nas ruas Félix da Cunha e Barão do Rio Branco.

A arquitetura das Igrejas 

Igreja Matriz Cristo Rei
Igreja Matriz Cristo Rei. Foto de: cadeialogisticadofrio.blogspot.com

As igrejas de Bento Gonçalves apresentam estilos arquitetônicos que merecem um destaque, visto que vão desde o estilo gótico moderno, como a Igreja Matriz Cristo Rei (1954), como o estilo romano da Igreja Santo Antônio (1894), como estatuas de Cristo e Santo Antônio em madeira, o alto de mármore Carrara e os sinos de Bassano (Itália).

Ressalta-se a Igreja São Bento, por sua peculiaridade arquitetônica recorda ao mundo do vinho. Com efeito, a mesma tem a forma de um barril, com bancos gravados símbolos de uva, e vitrais coloridos com temas de vinhos. Em suma, o tamanho também é outro atrativo e tem uma capacidade de mil pessoas.

E já que tudo gira em torno do vinho, está a Capela Nossa Senhora das Neves, que foi construída com vinho. Por causa de uma estiagem na região e para terminar a construção, usaram a bebida junto com a palha de trigo para fazer a liga dos tijolos.

Os museus, Parque de evento, Rua Coberta e a Casa do Artesão e do Artista Plástico

Museu do Imigrante
Museu do Imigrante. Foto de: gazeta-rs.com.br

Em Bento Gonçalves, o destaque vai para o Museu do Imigrante, fundado em 1974, com o propósito de resgatar a história da Imigração Italiana na região. O acervo conta com quase 10 mil objetos doados pelos moradores divididos em: Sala de Gaitas, Arte Sacra, Quarto de Dormir, Cozinha, Trabalho e Vinho e Objetos Pessoais e Ofícios.

Já o Parque de Eventos, uma área coberta de 58.000m², está destinado aos eventos nacionais e internacionais. E considerado como um dos melhores centros de eventos do mundo, pois possui uma excelente estrutura. Atualmente é sede de eventos como Brasil Wine Challengento, Movelsul, entre outros.

Rua Coberta
Rua Coberta. Foto de: jornaldosbairrosbg.com.br

Outro lugar de cultura e lazer, e a Rua Coberta, inaugurada em 2016, com o propósito de atender a população e turistas com shows, exposições e vendas de artesanatos, comidas e bebidas. De fato, é um lindo lugar para ir com a família.

A Casa do Artesão e do Artista Plástico, é um espaço onde se reúnem os artesãos e artistas da cidade para expor e vender seus trabalhos. Em geral as obras tratam sobre o tema do vinho, em quadros, moveis, esculturas, canecas, entre outros.

Rotas Turísticas

Vale dos Vinhedos
Vale dos Vinhedos. Foto de: bellasontheroad.com

Em esta parte, contaremos as principais rotas com o intuito de te ajudar a preparar seu itinerário de maneira e simples e objetivo. Neste sentido, Bento Gonçalves se divide em 5 rotas:  Vale dos Vinhedos, Caminhos de Pedra, Vale do Rio das Antas, Cantinas Históricas e Rota Rural Encantos de Eulália.

Vale dos Vinhedos

Rota do Enoturismo, aqui poderá percorrer a várias vinícolas que estão preparadas para atender a seus visitantes. Em muitas as visitas são guiadas por enólogos ou os próprios empreendedores. Além disso oferecem degustações de seus produtos e em alguma contam com restaurantes com comidas harmonizadas.

Casa Valduga
Casa Valduga. Foto de: blogapaixonadosporviagens.com.br

Destaca-se como principais vinícolas a Casa Valduga, Vinícola Torcello, Adega Cavalleri, Vinícola Almaúnica. Agora, nada melhor que percorrer as inúmeras vinícolas pequenas e conhecer sua história e produção. Com certeza, esta será uma experiencia única para os amantes do vinho.

Caminho das Pedras
Caminho das Pedras. Foto de: bagagemdememorias.com

Indo pelo Caminho de Pedras, uma rota rural que preserva as casas, comércios e outras construções do passado da região. Em realidade, se trata de uma pequena estrada, que ao contrário do que se pensa, está asfaltada e conta com vários restaurantes e lugares de entretenimento. Um lindo lugar para conhecer, onde por momentos acredita-se estar em uma viagem no tempo!

Vale do Rio das Antas

Vinícola Salton
Vinícola Salton. Foto de: pt.wikipedia.org

Uma estrada que liga Bento Gonçalves a Veranópolis e que tem lugares encantadores para visitar, tais como, ao Vinícola Salton, o Belvedere do Espigão, a ponte Ernesto Dornelles e outros.  É um caminho onde pode desfrutar de lindas paisagens. Ótimo para tirar fotos espetaculares de vários pontos do Vale.

Agora percorrendo as Cantinas Históricas, se encontra os pontos turísticos do distrito de Faria Lemos, onde destaque-se ao Armazém Cantinas Históricas, Casa Dequigiovanni, Cristófoli Vinhedos e Vinhos Finos, Dal Pizzol Vinhos Finos, Restaurante e Lancheria Faria Lemos, Vistamontes Sucos Naturais entre outros.

Por último, Rota Rural Encantos de Eulália, que se divide em três áreas: gastronômica, compras e aventuras. Na primeira o visitante pode degustar diferentes pratos tradicionais da Serra Gaúcha, como churrasco, galeto, polentas, etc. Destaca-se a Casa Dequigiovanni e Recanto Flores e Sabores.

As compras de vinhos e produtos artesanais podem ser realizadas na em diferentes pontos da rota. Quanto a aventura, as paisagens são atrativos fortes para aqueles que gostam de fazer rapel, tirolesa, arvorismo, caminhadas. Para isso, o Parque de Aventuras Gasper e o Sitio de Lazer Zucchi estão preparados com diferentes atividades.

Onde comer em Bento Gonçalves

Caldeira Restaurante
Caldeira Restaurante. Foto de: revistasaboresdosu.lcom.br

Como não poderia faltar, sempre deixamos algumas dicas de onde saborear uma deliciosa comida. É claro que neste post já falamos de diferentes lugares, no entanto, queremos deixar aqui 3 dicas de restaurantes que consideramos que você não deva perder em sua viagem a esta linda cidade.

Nossa primeira dica é para o Caldeira Restaurante, tanto por seu atendimento de excelente, como pelo variado cardápio. Como sugestão a sobremesa “Gelato com Crostas de Nozes e Raspas de Chocolate”, um doce sublime.

Trattoria Mamma Gema
Trattoria Mamma Gema. Foto de: raphanomundo.com

Com segunda dica, indicamos Mamma Gema, o restaurante está localizado no Vale do Vinhedos. Além de ser esta em um lindo lugar, a construção é muito bonita e a comida excelente. O filé mignon é delicioso!

A Casa Ângelo Restaurante é nossa terceira dica. Está localizado no Caminho de Pedras. Oferece comida italiana de excelente qualidade e o atendimento é perfeito. Além de ser uma casa histórica, é um ótimo lugar para comer.

Hotéis e Pousadas

Abaixo segue algumas ofertas para você se hospedar, ou se preferir nesse link você encontra as pousadas com o melhor custo benefício.



Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *